Comandante de uma nova história!

Sou Nádia Rodrigues Silveira Gerhard, natural de Porto Alegre, casada e mãe de três meninos. Formada em Letras, já fui professora, com especialização em psicologia escolar pela PUCRS.

Hoje sou Tenente Coronel da Reserva da Brigada Militar, com uma trajetória profissional pioneira na instituição, na qual ingressei em 1989 e atuei por 27 anos, na linha de frente do policiamento ostensivo.

No ano de 2007, no posto de Major, fui a primeira mulher designada para comandar um batalhão de Polícia Militar no Estado do Rio Grande do Sul; Assumi então, o 40º BPM, sediado em Estrela, e com responsabilidade administrativa e operacional em 11 municípios do Vale do Taquari. Em 2012, já como Tenente-Coronel, passei a comandar o 19º BPM, atuando em toda a Zona Leste de Porto Alegre, onde permaneci por três anos.

Nesse mesmo ano, trabalhei na implementação e coordenação da Patrulha Maria da Penha no Rio Grande do Sul, projeto ousado e pioneiro em âmbito nacional, onde pela primeira vez na história a Polícia Militar teve como objetivo fazer cumprir as medidas protetivas de urgência, protegendo as mulheres vítimas de violência doméstica. 

Com este projeto, estive palestrando em vários estados brasileiros e no exterior, em cidades como Quito, no Equador, e em Washington, nos Estados Unidos, fomentando a reprodução da Patrulha Maria da Penha em diversas Polícias Militares. A partir dele também publiquei o Livro “Patrulha Maria da Penha, o impacto da ação da Polícia Militar no enfrentamento da violência doméstica”.

Depois, atuei como vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, do Conselho Deliberativo do Programa de Proteção a vítimas e testemunhas ameaçadas de morte. Em 2015, como Diretora de Justiça na Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, estive a frente da elaboração e publicação do Plano Decenal de Medidas Socioeducativas do Estado.

Fui Secretária de Desenvolvimento Social e Esporte da prefeitura de Porto Alegre, durante 10 meses, nos quais atuei na prevenção primária, oportunizando aos mais necessitados o alcance a serviços públicos e oferecendo oportunidade de independência a essas pessoas. Minha equipe deu uma nova roupagem aos restaurantes populares, oferecendo mais que comida gratuita. Cada um dos espaços Prato Alegre contará com atendimento multidisciplinar. Fizemos parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) para suprir essa demanda até que sejam entregues os locais definitivos. O Sine Municipal, durante a minha gestão, foi eleito o melhor serviço da capital. Entregamos novos albergues e Centros Pops. Executamos as maiores campanhas solidárias da história de Porto Alegre. Tenho orgulho do que deixei ao sair da Secretaria.

No final de 2019, reassumi o meu mandato de vereadora na Câmara Municipal e agora busco a reeleição.

Em 2013, Nádia recebeu o prêmio Troféu Guri, homenagem feita anualmente a 10 personalidades que levaram o nome do nosso Estado além das fronteiras do RS.

O projeto Patrulha Maria da Penha garantiu um prêmio, promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, BIRD, em Washington, capital dos Estados Unidos.